Domingo, 25 de Outubro de 2020 -

Após cinco anos de luta, Secor conquista ganhos para trabalhadores da Kalunga

Publicado em: 21/06/2013

thumb-49

Após os dois dias de paralisação da Central da empresa, 17 e 18 de junho, a gerente de Recursos Humanos da Kalunga, Márcia Aparecida Montagna, e o presidente do Secor, José Pereira da Silva Neto, firmaram norma coletiva de trabalho. A empresa se comprometeu em não descontar os dias parados dos funcionários e não demitir trabalhadores que participaram da greve. Dessa forma, o Secor suspende por tempo indeterminado a paralisação na CD.

Clique aqui e confira o informativo completo

Fonte: Assessoria de Imprensa