Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020 -

Artigo: Governo ilegítimo afunda o Brasil e apunhala trabalhador

Publicado em: 24/07/2017

Que o impeachment contra Dilma Rousseff em 2016 foi um golpe ao estado democrático de direito não é mais novidade para ninguém. A afirmação já foi feita até por especialistas internacionais em direitos humanos.

No entanto, quando o governo golpista assumiu, o presidente ilegítimo Michel Temer sinalizava positivamente o crescimento da economia e a diminuição do desemprego. Infelizmente, como já esperávamos, aquilo que foi vendido como um pacote de bondade para a população, logo se tornou em um pesadelo para os brasileiros!

No primeiro trimestre deste ano, a taxa de desemprego bateu recorde e chegou a 13,7%, de acordo com o IBGE, atingindo 14,2 milhões de brasileiros. Além disso, o governo aprovou também a PEC 55, que congela os gastos sociais, como na educação e na saúde, por 20 anos, prejudicando gradativamente os mais pobres do país.

Em abril deste ano, de acordo com pesquisa CUT – Vox Populi, a aprovação de Temer era de apenas 5% e as manifestações dos trabalhadores e movimentos sindicais foram crescendo a cada dia!

No entanto, não satisfeito em afundar cada dia mais o Brasil e os trabalhadores brasileiros, Temer aprovou a Reforma Trabalhista, trazendo um retrocesso imensurável para os direitos trabalhistas e sociais dos brasileiros. Além desta, ainda está por vir a Reforma da Previdência, que praticamente extingue a aposentadoria dos trabalhadores e está na agenda do governo!

Esse governo só nos dá notícias ruins!

José Pereira Neto, presidente do SECOR