Quinta-Feira, 18 de Outubro de 2018 -

Bolsonaro e Haddad fazem segundo turno no próximo dia 28

Publicado em: 08/10/2018

No próximo dia 28, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) vão disputar o segundo turnoda eleição à Presidência da República. Com 99,99% da apuração concluída, o candidato da extrema-direita obteve 46,04% dos votos válidos (exatos 49.274.518), contra 29,27% do petista (31.335.873). Ciro Gomes (PDT) teve 12,47% (13.343.659).

Geraldo Alckmin (PSDB), com 4,76%, João Amoêdo (Novo), que teve 2,50%, e Cabo Daciolo (Patriota), com 1,26%, vêm a seguir. Eles ficaram à frente de Henrique Meirelles (MDB, com 1,20%), Marina Silva (Rede, 1%), Álvaro Dias (Pode, 0,80%), Guilherme Boulos (Psol, 0,58%), Vera Lúcia (PSTU, 0,05%), José Maria Eymael (DC, 0,04%) e João Goulart Filho (PPL, 0,03%) completam a  lista.

As abstenções somaram 20,32%. Votos em branco corresponderam a 2,65% do total e nulos, a 6,14%. De 147,3 milhões de eleitores, a Justiça Eleitoral considerou válidos pouco mais de 107 milhões.

O desempenho do candidato do PSDB, abaixo de 5%, foi muito aquém do esperado. Marina Silva, com 1%, foi ainda pior. A candidata apoiou o tucano Aécio Neves (MG) no segundo turno em 2014, contra a petista Dilma Rousseff.

Logo após o término da votação em todo o país, o Ibope divulgou pesquisa de boca de urna que apontava Bolsonaro com 45%, Haddad com 28% e Ciro Gomes com 14%.

Ao votar pela manhã, no colégio Brazilian International School, em Moema (zona sul de São Paulo), Haddad criticou o líder do primeiro turno, que promete não cumprimentar o petista se for derrotado. “Não é minha atitude. Sou um democrata desde que nasci. Vou ligar para quem quer que seja eleito. Na democracia você celebra a vontade do povo”, afirmou.