Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020 -

Contra o PL 4330, mas a favor do PL 1621

Publicado em: 11/06/2015
Divulgação/ Deputado Vicentinho, autor do Projeto de Lei 1621/2007

Divulgação/ Deputado Vicentinho, autor do Projeto de Lei 1621/2007

A Central Única dos Trabalhadores também acha que a terceirização tem que ser regulamentada, mas não em todas as atividades. Por isso o projeto de Lei 1621/2007 que regulamenta a terceirização foi apresentada pelo deputado do PT, Vicente Paulo da Silva, conhecido como Vicentinho. O que diferencia o projeto do Vicentinho, construido coletivamente com os trabalhadores, do PL 4330, e agora PLC 30, que rola no senado, apresentado e feito pelo empresário, Sandro Mabe é que um assegura direitos e a dignidade do trabalhador e o outro é pensando nos lucros dos empresários.

O PL 1621 tem responsabilidade solidária, assegura a participação dos sindicatos nas negociçãoes  e não dá brechas para terceirizar todas as atividades.

O PL 4330, agora PLC 30, regulamenta a terceirização na atividade fim, que dá o direito a empresa não ter mais trabalhador contratado e sim somente terceirizados. Além de não ter mais direitos trabalhistas conquistados nos últimos anos.

A CUT é contra o PL 4330, mas tem proposta para sugerir, o PL 1621/2007 apresentado pelo deputado do PT, Vicentinho.

Assista a entrevista que o deputado Vicentinho concedeu à TV dos trabalhadores em Abril deste ano sobre o PL 1621 no saiba mais.

Fonte: CUT Nacional