Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020 -

Contracs realizou I Encontro Regional Sudeste nos dias 10 e 11 de abril, em Belo Horizonte

Publicado em: 13/04/2013
Divulgação

Divulgação

Em cumprimento das resoluções da 1ª. Plenária Nacional a Confederação Nacional dos Trabalhadores no comércio e Serviços da CUT (Contracs/CUT) realizou nos dias 10 e 11 de abril de 2013, o I Encontro Regional Sudeste na cidade de Belo Horizonte, com a participação das entidades filiadas dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais.

Participaram do encontro 40 participantes representando 15 entidades filiadas dos setores de comércio, asseio e conservação, hoteleiros, domésticas, trabalhadores em entidades sindicais, e os convidados Lúcio Paiva Monteiro – técnico do Dieese; Beatriz Cerqueira e Jairo Filho – Presidente e Secretário Geral da CUT Minas Gerais, respectivamente; e o José Nunes – Presidente da CUT Espírito Santo.

O Encontro iniciou debatendo a conjuntura do ponto de vista regional, nacional e internacional com um olhar para o que aconteceu em 2012, e o que esperar do ano de 2013. Lúcio Monteiro ressaltou em sua apresentação o alto índice de rotatividade e informalidade no comércio e no setor hoteleiro. Também destacou as negociações coletivas, no Comércio 96% tiveram ganhos reais, acima do INPC e o setor de serviços 90% tiveram aumento real.

No ramo de comércio e serviços, o setor do comércio tem mostrado um crescimento considerável diante da economia. O volume de vendas e a receita nominal também chegando a 12,3% de crescimento comparando os últimos 12 meses.

Em 2013 os desafios para o Brasil são o crescimento do PIB e a inflação que estarão presentes no cotidiano da população assim não podemos negligenciar essas informações para a ação sindical.

O movimento sindical deve continuar com a luta dos reajustes com ganhos reais e o avanço nas cláusulas sociais. E também com as lutas pela ampliação das políticas públicas, pois a baixa taxa de desemprego propicia condições para o fortalecimento da mobilização sindical.

Por fim destacou-se a necessidade um debate sobre a baixa qualificação profissional destacada pelos empresários como um obstáculo a produtividade. O movimento sindical tem que estar preparado para fazer esse debate contrapondo o argumento do empresariado para o crescimento da produtividade em detrimento a valorização salarial dos trabalhadores.

Na parte da tarde os participantes realizaram um trabalho de identificação da região com a participação do companheiro Valeir Ertle, Secretário de Organização e Política Sindical da Contracs, através de um mapeamento da região com as entidades do ramo filiadas e as presentes na região, objetivando o crescimento da organização sindical.

Nos trabalhos em grupo, os participantes elencaram demandas e ações importantes para a região, como a formação para novos dirigentes, a intensificação da campanha pelo fim do trabalho no comércio aos domingos, a regulamentação da taxa de serviços de 10%, a inclusão da juventude, o combate ao racismo, informativo sobre as negociações da região, entre outros.

No segundo dia do Encontro, o tema debatido foi a negociação coletiva. Luciano Rodrigues, Coordenador da Regional Sudeste da Contracs, fez uma apresentação sobre o trabalho da Confederação para o ano de 2013 para auxiliar as entidades nas mesas de negociação. Destacou os encontros formativos regionais sobre negociação coletiva e apresentou uma breve análise sobre as melhores clausulas dos sindicatos filiados da região.

O encontro também formou a coordenação regional, com um representante por estado que irá contribuir com o trabalho do coordenador junto a Confederação, e tem como objetivo principal trazer as demandas das entidades para a Confederação e aproximar a Contracs das entidades filiadas.

Por fim os participantes parabenizaram a criação das regionais, e destacaram a importância do encontro. Ressaltaram que para atingir resultados com as propostas levantadas na região é preciso a união de todos, ou seja o envolvimento da Contracs e de todas as entidades filiadas.

Fonte: Contracs