Domingo, 20 de Setembro de 2020 -

Em dia de Greve Geral, Secor engrossa a voz de trabalhadores em manifestações de Osasco e São Paulo

Publicado em: 02/05/2017

 

Na última sexta-feira, 28/4, dia de Greve Geral Nacional, o Secor, ao lado de demais integrantes do Comitê Permanente Contra as Reformas da Previdência e Trabalhista da Região Oeste, engrossou a voz dos trabalhadores em grande mobilização que aconteceu no centro de Osasco.

secor9

Entoando palavras de ordem contra o governo Temer e as propostas da Reforma Trabalhista e da Reforma da Previdência, os manifestantes percorreram as principais ruas do centro da cidade, como a Rua Dona Primitiva Vianco e Rua Antônio Agú, e fecharam algumas lojas que ainda estavam abertas.

secor10

“A adesão dos trabalhadores nas mobilizações da última sexta-feira foi grande! Durante nosso percurso, vimos que muitos comércios já estavam fechados e os trabalhadores estavam na rua com a gente! A população está percebendo que as medidas propostas pelo governo Temer são prejudiciais para todos os trabalhadores brasileiros e afetarão as futuras gerações, nossos filhos e netos, por exemplo. Manifestações como esta são essenciais para os trabalhadores mostrarem suas posições. Esperamos que o governo não passe, mais uma vez, por cima das vozes das ruas e, finalmente, nos escutem”, afirmou o presidente do SECOR, José Pereira da Silva Neto.

secor12

Ainda para o presidente, as Reformas representam a precarização das relações trabalhistas, desvalorização do trabalhador, aumento do desemprego e perdas irreparáveis de direitos e benefícios conquistados ao longo de anos. “Estas ameaças não vão nos intimidar! Com muita determinação e coragem vamos continuar lutando por nossos direitos. Se for preciso, vamos parar o Brasil mais uma vez”, completou.

secor6

Durante a tarde, alguns diretores e colaboradores do SECOR foram para a Avenida Paulista, onde milhares de pessoas continuaram o protesto contra a retirada de direitos.