Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020 -

Tolerância zero à violência contra a mulher

Publicado em: 24/04/2013

dilma

O país, a sociedade e os governos precisam se aproximar, cada vez mais, da tolerância zero em relação à violência contra a mulher. Desde o primeiro discurso, em 2011, Dilma Rousseff assume o compromisso de honrar as mulheres, defendendo oportunidades iguais e uma política antidiscriminação – agora, mais um passo foi dado para transformar essa realidade em algo mais próximo para milhões de brasileiras.

A proteção será garantida pelo Programa Mulher, Viver sem Violência, lançado no dia 13 de março pela presidenta. O programa prevê a construção de centros chamados Casa da Mulher Brasileira em todas as 27 capitais. O local contará com serviços públicos integrados de segurança, justiça, saúde, assistência social, acolhimento, abrigamento e orientação para o trabalho, emprego e renda.

As Casas da Mulher Brasileira serão um lugar de luta e reforço da autonomia das brasileiras. Juntamente com o programa, a presidenta Dilma assinou um decreto que aumenta a integração entre os Ministérios da Saúde e da Justiça, com o apoio da Secretaria de Políticas para as Mulheres para humanizar o atendimento às vítimas de violência sexual.

Ainda dentro do programa, os Institutos Médico-Legais (IML) e a rede hospitalar de referência terão espaços adequados para o atendimento à mulher, com investimento de R$ 13,1 milhões. O Ministério da Justiça aplicará R$ 6,9 milhões, especialmente na compra de equipamentos policiais para as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deam). Garantir respeito e autonomia às mulheres é um compromisso e uma conquista de todas as brasileiras.

Fonte: Site Dilma Rousseff