Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019 -

Exposição sobre a luta das pessoas com deficiência chega a São Bernardo

Publicado em: 29/04/2019

A exposição criada pela Secretaria de Políticas Sociais da CUT-SP e o seu Coletivo de Trabalhadores com Deficiência estará na Câmara Municipal de São Bernardo do Campo, que fica na Praça Samuel Sabatini, 50, no centro. A mostra estará aberta ao público de 6 a 10 de maio, das 9 às 14h.

Painéis e fotos, relatando as políticas públicas conquistadas e a atuação do movimento sindical CUTista integram a atividade.

A exposição foi criada para refletir sobre o universo da população com deficiência que, a pesar dos retrocessos vivenciados nos últimos anos e as incertezas para os próximos, celebra uma das mais importantes conquistas da população com deficiência, que foi a criação da Lei Brasileira de Inclusão – LBI (13.146/15), o Estatuto da Pessoa com Deficiência. Sancionada em 2015 pela então presidenta Dilma Rousseff, a lei assegura a oferta de sistema educacional inclusivo e fornecimento de profissionais de apoio para alunos, garantindo a autonomia dessa população.

A Câmara de São Bernardo é o terceiro local a receber a exposição itinerante. Em dezembro do ano passado, ela esteve na sede da CUT, no centro de São Paulo. Já em março deste ano, a mostra esteve no Osasco Plaza Shopping.

“Estamos felizes que esse trabalho esteja circulando por diversos locais, pois é uma oportunidade para que mais pessoas possam refletir sobre os desafios dos trabalhadores com deficiência”, diz Kelly Domingos, comerciária e secretária de Políticas Sociais da CUT-SP.

No Brasil, a população com deficiência representa 24% do total de brasileiros, segundo o censo mais recente do IBGE. Entretanto, no mundo do trabalho, apenas 1% das vagas é ocupada por essa população, principalmente, para subfunções. E essa questão é só um dos inúmeros problemas que a população com deficiência enfrenta.

A exposição tem o apoio da subsede da CUT-SP no ABC e do Coletivo de Políticas Sociais da CUT no ABC, do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Sindicato dos Comerciários de Osasco, Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região, Federação dos Químicos de São Paulo, Sindicato dos Psicólogos de São Paulo, Sindicato Nacional dos Aposentados e Sindicato dos Trabalhadores em Comércio Hoteleiro, Bares, Restaurantes e Similares da Baixada Santista e Região.

Fonte: CUT-SP