Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021 -

Juros têm 10ª alta em julho e atingem maior nível desde 2009, diz Anefac7

Publicado em: 10/08/2015

thumb-15

A taxa média de juros cobrada de pessoas físicas teve alta pelo 10º mês consecutivo e chegou a 7,06% ao mês e 126,74% ao ano em julho, o maior nível desde agosto de 2009.

O levantamento foi feito pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) e divulgado nesta segunda-feira (10).

Todas as seis linhas de crédito pesquisadas pela instituição tiveram alta no mês passado:

  • Juros do comércio: de 5,23% ao mês em junho para 5,25% ao mês em julho;
  • Cartão de crédito: de 12,54% em junho para 13,03% em julho;
  • Cheque especial: de 10,01% em junho para 10,10% em julho;
  • Financiamento de automóveis: de 2,10% em junho para 2,12% em julho;
  • Empréstimo pessoal/bancos: de 4,10% em junho para 4,13% em julho;
  • Empréstimo pessoal/financeiras: de 7,64% em junho para 7,70% em julho.

Os juros para pessoa jurídica também sofreram elevação. A taxa média subiu de 4,03% ao mês em junho para 4,06% em julho, o maior nível desde junho de 2009.

Selic e juros ao consumidor

Desde março de 2013, quando o Banco Central começou a elevar a Selic, a taxa básica de juros acumula alta de 7 pontos percentuais (de 7,25% para 14,25% ao ano).

No mesmo período, a taxa de juros média para pessoas físicas teve elevação de 38,77 pontos percentuais (de 87,97% em março de 2013 para 126,74% ao ano em julho de 2015).

Para pessoas jurídicas, a taxa aumentou 17,64 pontos percentuais no mesmo intervalo de tempo, subindo de 43,58% ao ano para 61,22% ao ano.

Fonte: Portal UOL