Quarta-Feira, 23 de Maio de 2018 -

Justiça barra demissão sem homologação no sindicato

Publicado em: 11/05/2018

Novidade da reforma trabalhista, a homologação de acordos entre patrão e empregado na hora da demissão -sem a presença do sindicato- é alvo de resistência na Justiça do Trabalho.

Juízes rejeitaram um a cada quatro acordos do tipo de janeiro a março, segundo balanço do TST (Tribunal Superior do Trabalho).

Eles foram barrados principalmente devido à grande abrangência, que, para os juízes, pode prejudicar os trabalhadores.

Dos mais de 5.000 acertos julgados no primeiro trimestre, 75% (3.800) foram homologados pela Justiça.

O restante foi barrado.

Fonte: Agora