Sábado, 04 de Julho de 2020 -

Seminário discutirá organização sindical em tempos de crise política e econômica

Publicado em: 16/06/2020

Dando continuidade à construção do plano de formação CUTista, a Secretaria de Formação e a Escola Sindical da CUT-SP realizam, no dia 16 de junho, o Seminário Estadual Organização e Representação Sindical de Base. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o encontro será realizado virtualmente, por meio da plataforma Zoom (o link será encaminhado aos participantes).

Voltado aos secretários de formação dos sindicatos e ramos do estado de São Paulo da CUT, assim como seus assessores, e educadores militantes da Rede de Formação da CUT-SP, o seminário é mais uma das etapas do processo de construção da política de formação da CUT para o próximo período.

O seminário contará com a abertura política da direção executiva da entidade, com Douglas Izzo, Telma Victor, Renato Zulato e Hélcio Marcelino, seguida de um debate com o diretor técnico do Dieese, Fausto Júnior, que abordará o panorama atual do mercado de trabalho e os desafios para a classe trabalhadora. Também haverá um momento com a Secretaria Nacional de Formação da CUT Brasil, que apresentará as diretrizes da formação nacional – o que servirá de base para traçar o plano estadual.

Essa política tem sido construída e fortalecida desde 2018, quando Secretaria de Formação da CUT-SP promoveu debates e conferências temáticas com o objetivo de atualizar os processos de atuação dos sindicatos junto à base de trabalhadores e trabalhadoras. Em 2019, foi realizada a etapa estadual da Conferência de Formação, de onde saíram delegados que participaram da 4ª Conferência Nacional, que ocorreu em Minas Gerais, procedida de debates locais. O Seminário, portanto, segue como desdobramento desse processo.

Segundo Telma Aparecida Victor, secretária de Formação e coordenadora da Escola Sindical da CUT-SP, a continuidade dessa ação é importante para qualificar o enfrentamento nas ruas, nas redes e nos espaços de participação. “Vivemos uma conjuntura política e econômica complicada, que todos os dias trazem complicações as dinâmicas das organizações por trazerem instabilidade sobre o cenário do país. Já vivíamos problemas com os desmandos do governo Bolsonaro, que atingem diretamente a classe trabalhadora, com a retirada de direitos e a criminalização das suas formas de organização, que são os sindicatos, mas agora, que juntou com a pandemia da Covid-19, há uma necessidade de discussão sobre o que será o novo mundo, sobretudo o do trabalho”.

A dirigente lembra que como há um momento muito tumultuado na política brasileira, existe a tendência de achar que o Seminário apontará respostas. “É importante entender que esse evento é parte do processo, e que esse espaço terá o papel de seguir com a discussão da política de formação de uma estratégia da CUT. Por isso, as entidades precisam participar para atualizar seus planos de formação, de forma que tenha a capacidade de ler este momento do país já pensando no futuro, e, assim, conseguir dar uma resposta efetiva àqueles que nos atacam”.

Serviço:

Seminário Estadual de Formação da CUT-SP – Organização e Representação Sindical de Base
Quando: Dia 16, terça-feira
Horário: 9h30 às 13h
Como acessar: O link de acesso ao Zoom será encaminhado aos participantes

Programação:

Arte: Maria Dias/CUT-SP
ARTE: MARIA DIAS/CUT-SP

Fonte: CUT-SP