Sexta-Feira, 19 de Julho de 2024 -

SECOR condena tentativa de golpe na Bolívia e reafirma compromisso com a democracia

Publicado em: 01/07/2024

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Osasco e Região (SECOR) manifesta seu veemente repúdio à tentativa de golpe militar ocorrida na Bolívia na última quarta-feira, 26 de junho.

Na tarde daquele dia, o ex-comandante do Exército Boliviano, Juan José Zúñiga, liderou uma invasão ao Palácio Quemado, sede do poder executivo em La Paz, numa clara tentativa de derrubar o governo democraticamente eleito de Luis Arce. A pronta reação popular e das forças de segurança leais à constituição frustrou a ação golpista, resultando na prisão de Zúñiga.
O povo boliviano demonstrou seu compromisso com a democracia ao ocupar a Plaza Murillo e outros pontos estratégicos do país, em uma importante manifestação de apoio ao estado democrático de direito.

O SECOR ressalta que atentados contra a democracia devem ser sempre condenados, independentemente do país onde ocorram. Lembramos que o Brasil enfrentou situação semelhante em 8 de janeiro de 2023, quando o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF) foram invadidos por grupos antidemocráticos. Naquela ocasião, assim como agora na Bolívia, a tentativa fracassou e a democracia prevaleceu.

Expressamos nossa solidariedade ao governo boliviano e à população que resistiu bravamente a essa tentativa de violação da ordem constitucional. Este episódio reforça a necessidade de estarmos sempre vigilantes na defesa da democracia, não apenas em nosso país, mas em toda a América Latina e no mundo.

O SECOR reafirma seu compromisso inabalável com os valores democráticos e conclama todos os trabalhadores e cidadãos a permanecerem atentos e unidos na defesa das instituições democráticas, tanto no Brasil quanto nos países vizinhos.

LEIA TAMBÉM

Formação Sindical para Mulheres: Um Marco no Fortalecimento do Movimento Sindical

[...]
LEIA MAIS