Terça-Feira, 18 de Maio de 2021 -

Artigo: Em um momento delicado na política, estamos de olho na parcialidade da mídia

Publicado em: 09/08/2016
Assessoria/Secor

Assessoria/Secor

A parcialidade dos grandes veículos de comunicação que vimos durante todo o processo de afastamento de Dilma Rousseff da Presidência da República agora foi confirmada em uma recente pesquisa realizada pela CUT/Vox Populi, mostrando que a imagem da grande imprensa está em baixa.

Tal pesquisa foi realizada, em junho, para identificar como a população percebe a cobertura jornalística na presidência de Dilma e na situação atual, com Michel Temer. A constatação majoritária é que a mídia tem sido parcial, principalmente, com Dilma, já que apenas 43% dos entrevistados acham que sua situação é noticiada com imparcialidade.

Além disso, 44% dos entrevistados acham que com o governo de Dilma, os veículos foram muito críticos. Já com o governo Temer, apenas 14% tem a mesma percepção.

Em um momento delicado da política brasileira, não podemos ficar cegos diante desta imprensa, que com um debate tendencioso está causando a divisão do Brasil, em que a população é pautada pelo ódio e intolerância e, assim, o clima de torcidas opostas se instaura no país inteiro.

Nosso objetivo é cobrar uma mídia transparente, que noticie escândalos e acertos de todos os partidos! A obrigação da imprensa é noticiar e a nossa, como cidadãos, é pensar e criar nossa própria opinião!

No entanto, enquanto isso não acontece, vamos ficar atentos aos deslizes desta imprensa e buscar nos informar através de veículos alternativos.

José Pereira da Silva Neto, presidente do Sindicato dos Comerciários de Osasco e Região (Secor)

Fonte: Assessoria de Imprensa

LEIA TAMBÉM

Desemprego no Brasil atinge 14 milhões, o maior desde começo da pandemia

Desalento também atinge patamar recorde, reunindo 6 milhões de brasileiro [...]
LEIA MAIS