Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 -

Artigo: O bem-estar dos trabalhadores é um desafio que deve ser levado a sério!

Publicado em: 30/03/2016
Assessoria/Secor

Assessoria/Secor

Submetidos à pressão, metas diárias, novas tendências tecnológicas e jornadas cansativas de trabalho, os trabalhadores estão sempre em alerta e colocando grande energia em suas atividades laborais, tendo pouco tempo para investir em seu bem-estar.

É neste contexto que problemas com a saúde como o estresse e, consequentemente, a depressão, por exemplo, começam a aparecer. Segundo a ISMA do Brasil (Internacional Stress Management Association), 70% da população economicamente ativa do país apresenta algum sintoma de estresse. Já de acordo com relatório de 2014 da Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão é a quarta doença mais diagnosticada mundialmente e, até 2030, será a doença mais comum do mundo, afetando mais do que o câncer e doenças cardíacas, por exemplo.

O estresse pode vir em forma de sensação de medo, irritação, desconforto e preocupação e, definitivamente, afeta a saúde física e mental do trabalhador, além de todo seu convívio seja com a família ou no trabalho, podendo causar a depressão. Cada caso deve ser tratado de maneira individual, mas a mudança no estilo de vida, como a prática de exercícios físicos, alimentação balanceada e momentos em família podem influenciar positivamente o dia do trabalhador. Apesar do ritmo acelerado em que vivemos, devemos estar buscando alternativas para uma vida mais saudável.

Nosso dever como Sindicato é lutar para proporcionar qualidade de vida aos trabalhadores e dar assistência no que diz respeito ao bem-estar e saúde. Neste sentido, nosso Sindicato oferece atendimento com o psiquiatra Virgílio Almansur, todas as terças-feiras, das 12h às 14h, em nossa sede. Sendo assim, caso esteja passando por momentos conturbados no trabalho, procure o atendimento do Secor através do número (11) 3685-0355. Seja atencioso com a sua saúde!

 

José Pereira da Silva Neto, presidente do Sindicato dos Comerciários de Osasco e Região (Secor)

Fonte: Assessoria de Imprensa

LEIA TAMBÉM

Vacinação reduz número de mortes de profissionais de saúde por covid-19 no país

CFM apontou queda de 83% nas mortes de profissionais de saúde por covid-19 [...]
LEIA MAIS