Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 -

Celepar é condenada a indenizar funcionário por atos antissindicais

Publicado em: 18/04/2011

A Companhia de Informática do Paraná (Celepar) foi condenada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT9) a pagar R$ 10 mil em indenização a um funcionário que foi vítima de assédio moral por conta de suas atividades sindicais.

O funcionário foi impedido de subir de cargo na empresa por conta de avaliação interna que dizia que suas atividades como dirigente sindical impediriam seu bom desempenho profissional.

Para o desembargador Luiz Eduardo Gunther, “a avaliação demonstra que a reclamada considerava as atividades de dirigente sindical prejudiciais ao desempenho da equipe, implicando sobrecarga dos outros colegas, atraso de prazos com os clientes e afetava a qualidade do produto. Este conceito da reclamada sobre o reclamante, implicou discriminação com relação à organização sindical”.

“Esta decisão é uma grande vitória dos trabalhadores da Celepar e do movimento sindical. É fundamental não permitir a discriminação contra atividade sindical”, avalia o advogado André Passos, sócio do escritório Passos & Lunard.

Fonte: CUT

Postado por Raquel Duarte

LEIA TAMBÉM

Vacinação reduz número de mortes de profissionais de saúde por covid-19 no país

CFM apontou queda de 83% nas mortes de profissionais de saúde por covid-19 [...]
LEIA MAIS