Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021 -

Entregamos nossa Pauta de Reivindicações ao setor patronal

Publicado em: 28/07/2011
O presidente do Sindicato do Comércio Varejista, Jurandir Paes, assina a pauta de reivindicações/Raquel Duarte

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista, Jurandir Paes, assina a pauta de reivindicações/Raquel Duarte

Com brados de luta e agitando bandeiras, cerca de 500 pessoas percorreram as ruas centrais de Osasco para entrega da Pauta de Reivindicações da Campanha Salarial 2011 na manhã desta quinta-feira, 28.

Nossa passeata percorreu as ruas centrais e finalizou no calçadão da rua Antônio Agu. com a entrega da pauta pelo nosso presidente, José Pereira Neto ao presidente do sindicato do Comércio Varejista de Osasco e Região, Jurandir Paes.

Além da participação dos trabalhadores, o ato contou com presença de representantes do Service Employees Internacional Union (SEIU), sindicato sediado em Washington. Também estiveram presentes militantes, líderes sindicais da região e parlamentares.

Durante o evento houve a apresentação da Associação Brasileira de Apoio e Desenvolvimento da Arte Capoeira (ABADÁ), destacando a atividade como símbolo histórico contra a opressão e a liberdade dos afrodescendentes no Brasil, pois além de um forte instrumento cultural, histórico e pedagógico, a capoeira foi uma grande ferramenta de libertação usada pelos negros

Em seu discurso, nosso presidente, José Pereira Neto, destacou o tema escolhido para a campanha salarial deste ano Na raça, o movimento é geral . “Escolhemos este slogan em referência à universalidade da luta e uma homenagem ao Ano Internacional dos Afrodescendentes, em 2011, decretado pela Organização das Nações Unidas, ONU”, destacou Neto.

Entre as reivindicações que constam no documento entregue ao setor patronal constam: reajuste salarial de 11%, renovação das atuais cláusulas sociais e a ampliação de direitos e benefícios, valorização do piso salarial da categoria com o reajuste de 12%, redução da jornada para 40 horas semanais sem redução de salários, fornecimento obrigatório de cesta-básica, vale-refeição, auxílio-creche, licença-maternidade de 6 meses, fim das demissões imotivadas, combate ao assédio moral, entre outras.

Uma novidade apresentada pelo sindicato na Campanha Salarial de 2011/2012, é a inclusão do Programa Especial de Novidades e Sugestões nas Empresas (PENSE). “Queremos que o trabalhador criativo e participativo seja reconhecido e remunerado de 1 a 5 salários mínimos por ideias que gerem inovação e lucro para a empresa. Esta é mais uma forma de valorizar o trabalhador pelo seu empenho”, ressaltou Neto.

Postado por Assessoria de imprensa/Raquel Duarte

LEIA TAMBÉM