Domingo, 25 de Fevereiro de 2024 -

Mais de 20 mil temporários são contratados no Estado de São Paulo

Publicado em: 26/03/2013
Divulgação

Divulgação

Com o objetivo de suprir as demandas referentes à Páscoa, comemorada este ano em 31/3, estima-se que o Estado de São Paulo contratará 21.690 pessoas até o final deste mês, o que o faz responsável por 29,43% das contratações de todo país. Ao que indica a Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem) e o Sindicato das Empresas restadoras de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo (Sindeprestem), em todo Brasil, a expectativa é que quase 74 mil vagas sejam preenchidas e que 8% dos trabalhadores sejam efetivados.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Comerciários de Osasco (Secor), Luciano Rodrigues, as vendas no comércio da região devem crescer 12% em relação ao mesmo período de 2012. Ainda neste setor, as mulheres podem ocupar 60% das vagas que englobam funções de balconista, demonstrador, degustador e repositor. O trabalhador deve receber entre R$ 750 e R$ 1,3 mil.

Segundo o presidente do Secor, José Pereira Neto, o trabalhador temporário deve exigir o contrato de trabalho e a carteira assinada. “Neste caso, a Carteira de Trabalho garante diversos direitos, como o recebimento da mesma remuneração de empregados que exercem a mesma função na empresa”. A jornada de trabalho é de 8 horas diárias, totalizando 44 semanais. Além disso, o trabalhador deve receber férias proporcionais acrescidas de 1/3, repouso semanal remunerado, décimo terceiro proporcional, vale-transporte, FGTS e adicional de horas extras de 60% sobre o valor do salário-hora. O presidente lembra aos trabalhadores da importância de conhecer e reivindicar seus direitos. “Se o temporário tiver os direitos descumpridos, devem procurar o sindicato para tomarmos as devidas providências”, indica.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Thaís Peixoto

LEIA TAMBÉM

Novidades para os Comerciários de Taboão da Serra e Embu das Artes: Subsede do SECOR em Transformação

Os trabalhadores comerciários das cidades de Taboão da Serra e Embu das A [...]
LEIA MAIS