Quinta-Feira, 28 de Outubro de 2021 -

Mulheres defendem luta contra violência doméstica e melhorias na saúde

Publicado em: 28/03/2013
PMO

PMO

Na última terça-feira, 26/3, a Coordenadoria da Mulher e Promoção da Igualdade Racial organizou caminhada com, aproximadamente, 400 mulheres, no Centro de Osasco. Sob coordenação de Ana Maria Rapini, diretora do Secor e presidente do Conselho de Mulheres de Osasco, Sônia Rainho, coordenadora da Mulher e Promoção da Igualdade Racial, e Eliana Ferreira, diretora do Sindimetal, as participantes defendiam a luta contra a violência contra a mulher e a instalação do Centro de Tratamento do Câncer.

As mulheres se encontraram na Praça Duque de Caxias e percorreram a Avenida dos Autonomistas, Primitiva Avianco, Antônio Agu e terminaram a caminhada em frente a estação de Osasco.

O prefeito Jorge Lapas encontrou as participantes no Calçadão da Antônio Agu e apresentou sua mãe, Raíssa Lapsky, que também participou da caminhada. Durante o ato, Lapas afirmou apoiar a luta das mulheres e mencionou a presidenta Dilma Rousseff como símbolo de conquistas do gênero. “A mulher vem ocupando o seu lugar. Em nosso governo temos várias mulheres nas secretarias. Elas são empenhadas, se dedicam e fazem a diferença”, completou.

Sônia Rainho ressaltou a importância da luta. “No mês da mulher, devemos sair para reivindicar aquilo que é de direito. Agora, queremos o Centro de Tratamento do Câncer, porque não é justo a mulher acordar de madrugada para ir ao Hospital Pérola Byington. Esse Centro vai salvar muita gente e nós não podemos abrir mãos”, afirmou.

O evento contou com a participação de outras autoridades políticas, como a secretária de Educação, Régia Maria Gouveia Sarmento; e os vereadores Mazé Favarão e Rogério Lins; além do diretor de Comunicação Social da Prefeitura de Osasco, Roberto Trapp, dentre outras autoridades.

Clique aqui para conferir as fotos

Fonte: Assessoria de Imprensa com informações da PMO

LEIA TAMBÉM

Governo de Jair Bolsonaro é responsável pela disparada da inflação

Afirmação é do diretor adjunto do Dieese José Silvestre, que aponta ent [...]
LEIA MAIS