Sexta-Feira, 03 de Dezembro de 2021 -

Nova diretoria do Sindicato do Comerciário toma posse em cerimônia solene

Publicado em: 05/11/2013
Eduardo Metroviche

Eduardo Metroviche

Com a presença de mais de duas mil pessoas, autoridades regionais e lideranças sindicais, a nova diretoria do Secor, eleita em agosto desse ano, tomou posse na última sexta-feira, 1º de novembro, em cerimônia realizada na Associação Atlética Floresta, localizada no Centro de Osasco.

Durante a cerimônia, além dos membros da diretoria, uma mesa foi composta com o presidente do Secor, José Pereira da Silva Neto; prefeito de Osasco, Jorge Lapas; prefeito de Carapicuíba, Sergio Ribeiro; presidente do Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Osasco e Região, Jurandir Paes; presidente do Conselho Intersindical de Saúde e Seguridade Social de Osasco e Região (Cissor), José Eliás de Gois; secretário-adjunto de organização da CUT Nacional, Valeir Ertle; presidente da Contracs, Alci Matos; e o deputado estadual Marcos Martins.

Por sua vez, o presidente Neto saudou os presentes e discursou sobre a importância e a responsabilidade do Secor com os trabalhadores da região. “Esse ano, o Sindicato completou 37 anos de lutas históricas para a categoria, lutas que renderam ganhos reais ao trabalhador do comércio e satisfação ao ver, através do número cada vez maior de associações ao Secor, que o nosso trabalho está sendo reconhecido. Sabemos da grande responsabilidade que temos perante todos trabalhadores. Durante as eleições, lemos todas cédulas que tinham algum tipo de observação. Não deixamos para trás nenhum anseio de nossos associados e continuaremos desenvolvendo nosso trabalho com muita responsabilidade”, completou Neto.

O secretário geral, Luciano Pereira Leite, também foi chamado à mesa para falar sobre as responsabilidades do Sindicato. “Será um grande desafio administrar todas demandas da categoria em meio às novas ameaças vindas da possível aprovação do Projeto de Lei 4330, o PL da Terceirização. No entanto, acredito na competência da diretoria e continuaremos a atender todos encargos do comerciário e seus direitos”, disse Leite.

O prefeito Lapas parabenizou o Secor pelo trabalho desenvolvido na região e saudou a nova diretoria. “A categoria dos comerciários pode considerar a Administração uma parceira, sobretudo na revitalização do Centro de Osasco”, afirmou. Já o prefeito Sérgio Ribeiro, falou sobre os oito mil novos postos de emprego direto no ramo comerciário em Carapicuíba e novas obras do centro comercial do município.

Após a posse ser encerrada com um grito de guerra “Comerciário unido jamais será vencido”, os convidados contaram com música ao vivo e comida e bebida à vontade.

Clique aqui para ver imagens da posse.

Confira a nova Diretoria do Secor:

Presidente – José Pereira da Silva Neto

Secretário Geral – Luciano Pereira Leite

2ª Secretária Geral – Kelly Benedita Domingos

Diretor da Secretaria de Finanças – Paulo Pinto Cunha

2º Diretor da Secretaria de Finanças – Flávio Miranda Teixeira

Diretor da Secretaria de Esportes e Recreação – Alírio Paes Landim

Diretor da Secretaria de Assuntos Jurídicos – Alexandre da Conceição do Carmo

Diretor da Secretaria de Saúde, Segurança do trabalho e Previdência Social – Carlos José Cardoso

Diretor da Secretaria de Políticas Sindicais e Sociais – Edson Bertoldo da Silva

Diretor da Secretaria de Imprensa e Comunicação Social – Carlos Alberto de Souza

Diretora da Secretaria de Educação e Formação Sindical – Ana Maria Rapini Guilherme

Suplentes da Diretoria

Aparecido Borges da Silva

Ricardo Alexandre dos Santos

Antonio Donizeti Gomes dos Santos

Lubia Conceição dos Santos Silva

Jailson Vicente Ferreira

Hemerson Alexandre da Luz

Jessica Maria Franca de Melo

Membros efetivos do Conselho Fiscal

Felipe Barra Zabala

Eziquiel Feitosa Costa

Waldemir Jesus dos Santos

Suplentes do Conselho Fiscal

Sérgio Macedo da Silva

Cristiane Rosa Alves Piauilino

Antonio Aparecido Marsura

Fonte: Assessoria de Imprensa

LEIA TAMBÉM

71,4% dos 8,9 milhões que perderam emprego na pandemia eram negros, diz Dieese

Para os não negros, os impactos da crise sanitária foram menores: dos 2,5 [...]
LEIA MAIS