Sexta-Feira, 14 de Junho de 2024 -

Pauta de Reivindicações dos comerciários foi entregue ao setor patronal

Publicado em: 06/08/2009
Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa

Categoria luta por 10,5% de reajuste entre outros benefícios, como redução da jornada e 180 dias de licença maternidade

Foi entregue ao setor patronal a Pauta de Reivindicações dos comerciários, na manhã da última quarta-feira, dia 5. Mais de 200 comerciários realizaram uma grande passeata por ruas da cidade, acompanhados por autoridades e lideranças sindicais. A entrega da pauta aconteceu em frente ao Osasco Plaza Shopping, no calçadão da Rua Antonio Agu.

O presidente do Sindicato do Varejista de Osasco e Região, Dr. Jurandir Paes, recebeu das mãos do presidente do Secor, José Pereira da Silva Neto, documento que reúne as reivindicações da categoria, que entre outros benefícios, luta por 10,5% de reajuste (INPC mais aumento real).

“A nossa expectativa agora é bastante positiva. O setor patronal teve boa recepção das nossas reivindicações e está sensível ao que requeremos, já que todos os pontos dessa pauta vão de encontro à necessidade do trabalhador”, declarou Neto. Para ele, esta será mais uma campanha salarial vitoriosa.

Os comerciários seguem campanha unificada mais uma vez. “Este é o sexto ano que realizamos a nossa campanha salarial unificada. E como sempre aconteceu, estamos confiantes que dessa vez repetiremos o sucesso dos anos passados, conquistando direitos, benefícios e a valorização dos trabalhadores do comércio”, disse Neto.

Além de Neto, presidente do Secor, participaram do ato José de Souza Vilarim, o Zequinha, presidente do Sindicato dos Comerciários de Cotia; Walter dos Santos, presidente do Sindicato dos Comerciários de Guarulhos; Adailton, secretário geral do Sindicato dos Comerciários de Franco da Rocha; e Cabral, diretor do Sindicato dos Comerciários de São Paulo, representando Ricardo Patah, presidente do sindicato. Representantes de sindicatos de outras categorias também marcaram presença em apoio à campanha dos comerciários, junto a José Elias Gois, presidente do CISSOR (Conselho Intersindical de Saúde e Seguridade Social de Osasco e Região).

Osasco, São Paulo, Franco da Rocha, Cotia e Guarulhos integram essa campanha, que tem grande abrangência, alcançando um total de 800.000 trabalhadores.

O Secor tem em sua base 58.000 trabalhadores. Destes, 16.000 são filiados ativos ao sindicato.

A categoria aguarda, agora, pela resposta do setor patronal. Segundo Paes, “não há motivo para não chegarmos a um consenso”. O presidente do patronal concorda que o conteúdo da pauta está de acordo com a realidade do setor, e atende às prioridades dos trabalhadores.

Bandeiras de luta

A Campanha Salarial Unificada 2009/2010 traz o slogan Setembro de Luta. Os comerciários querem fazer desta, uma primavera repleta de conquistas.

Para isso, a categoria tem se empenhado na luta por mais direitos e benefícios e neste ano ergue bandeiras como:

  • Aumento real
  • Participação nos Lucros e Resultados (PLR)
  • Auxílio creche
  • Fim do banco de horas
  • Redução da jornada de trabalho
  • Fim do assédio moral
  • Cesta básica
  • Estabilidade após o retorno das férias
  • Erradicação do trabalho infantil
  • Fim do trabalho no feriado de 1º de maio

Assessoria de Imprensa

LEIA TAMBÉM

Secor marca presença em Ato da Classe Trabalhadora que reúne 20 Mil pessoas em Brasília

Na última quarta-feira (22), aproximadamente 20 mil trabalhadores e trabal [...]
LEIA MAIS