Terça-Feira, 18 de Junho de 2024 -

Secor marca presença em Ato da Classe Trabalhadora que reúne 20 Mil pessoas em Brasília

Publicado em: 28/05/2024
Após Mobilização, Pautas para Avanço dos Direitos dos Trabalhadores São Endereçadas ao Congresso

Na última quarta-feira (22), aproximadamente 20 mil trabalhadores e trabalhadoras de diversas regiões do Brasil se reuniram em Brasília para reivindicar melhorias como trabalho decente, valorização do serviço público, redução de juros, reconstrução do Rio Grande do Sul, entre outras.

O evento começou pela manhã, quando centenas de ônibus chegaram ao estacionamento da Torre da TV (antiga Funarte) para a mobilização. No local, foi realizada a Plenária da Classe Trabalhadora, com discursos de representantes de entidades sindicais e do governo federal. Em seguida, os participantes marcharam cerca de 3 km, da Torre da TV até a Esplanada dos Ministérios.

Diversas categorias, incluindo comerciários, servidores municipais, educadores, jornalistas e metalúrgicos, participaram da mobilização, demonstrando a pluralidade do ato. O estado de São Paulo enviou mais de 2 mil pessoas, com destaque para os sindicatos filiados à CUT-SP, especialmente o Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Osasco e Região (Secor).

Participação do Secor
O Secor teve um papel significativo na mobilização, enviando uma expressiva delegação para somar forças no ato. A presença do Secor foi fundamental para endossar as reivindicações dos trabalhadores do comércio e fortalecer a luta por melhores condições de trabalho e direitos. Representantes do sindicato destacaram a importância da participação ativa em eventos como este para garantir que as demandas dos trabalhadores do comércio sejam ouvidas e atendidas.

O principal objetivo da marcha foi entregar a “Pauta da Classe Trabalhadora”, um documento conjunto das centrais sindicais e uma Agenda Jurídica, às lideranças do Congresso, STF e ao Governo Federal.

Dirigentes sindicais destacaram a importância da mobilização nas ruas para fortalecer as reivindicações. “É crucial estarmos aqui para mostrar ao Congresso que não aceitamos mais nenhum retrocesso nos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou Edson Bertoldo, Secretário de Políticas Sociais da CUT São Paulo.

Pautas da Classe Trabalhadora
-Pela reconstrução do estado do Rio Grande do Sul e por medidas de proteção e amparo a seus trabalhadores e trabalhadoras;
-Educação: Revogação do Novo Ensino Médio;
-Valorização do Serviço Público: Contra a PEC 32/Reforma Administrativa;
-Em defesa da Convenção 151/defesa da negociação coletiva;
-Trabalho decente: redução da jornada de trabalho e empregos decentes;
-Salário igual para trabalho igual – Em defesa da lei de igualdade salarial entre homens e mulheres;
-Reforma agrária e alimento no prato!
-Menos impostos para trabalhadores: juros baixos e correção da tabela de imposto de renda;
-Valorização do salário mínimo e das aposentadorias;
-Transição justa e ecológica em defesa da vida;
-Em defesa do PLC 12/24, por direitos dos motoristas por aplicativos.

Este grande ato reflete a força e a determinação da classe trabalhadora na luta por seus direitos e por um Brasil mais justo e igualitário, com a participação destacada do Secor.

LEIA TAMBÉM

SECOR participa de encontro com ILS Global para Impulsionar Inovações Tecnológicas em Osasco

Osasco recebeu recentemente uma visita que pode marcar o início de uma nov [...]
LEIA MAIS