Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021 -

TV Secor aborda inclusão de pessoas com deficiência

Publicado em: 27/01/2016

thumb-56

Atualmente, cerca de 20 milhões de pessoas com deficiência lutam para entrar no mercado de trabalho do País. Nesse processo a cidade de Osasco é referência nacional no processo de contratação de PCD pelas indústrias metalúrgicas presentes na região.

Na última segunda-feira, 25/2, o TV Secor recebeu o coordenador do Espaço da Cidadania e vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco (Sindmetal), Carlos Aparício Clemente, para debater questões referentes à inclusão social e acessibilidade de pessoas com deficiência.

Fundado em 2001, o Espaço Cidadania surgiu, através de uma parceria entre o Sindmetal e o então vereador e dirigente sindical, Carlos Clemente, com o intuito de incentivar debates e iniciativas voltadas para inclusão e geração de oportunidade para pessoas com deficiência.

“A ação, que completa 15 anos neste ano, foi criada para derrubar mitos e preconceitos, incluindo o desconhecimento da questão, que impedem a possibilidade das PCD conquistarem uma vaga de trabalho”, explicou Clemente, que ainda revelou que a partir do ato o tema começou a ser amplamente discutido nas empresas. “ Informação ajuda na inclusão”, destacou.

O diretor de Comunicação do Secor, Carlos Alberto de Souza, o Arruda, que também participou do programa, elogiou a iniciativa. “O nosso sindicato está do lado dos metalúrgicos e aplaude de pé este projeto”, ressaltou.

Durante o programa também foi abordada a Lei de Cotas, de nº 8.213/91, que obriga empresas com 100 ou mais funcionários a reservarem parte de seus cargos para pessoas com deficiência. “Se a lei fosse cumprida plenamente, teríamos empregos para mais de um milhão de deficientes no Brasil. Com isso, as cidades precisam avançar bastante na aplicação desta lei, que pode preparar ainda o jovem aprendiz com deficiência para o futuro mercado de trabalho”, concluiu Clemente.

Assista ao programa na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=wUdxhcOybso.

 

LEIA TAMBÉM