Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 -

Walmart é condenado a pagar R$ 20 mil a idosa que caiu da escada rolante

Publicado em: 02/10/2015

thumb-38

O hipermercado Walmart foi condenado a indenizar uma mulher de 72 anos que se feriu na escada rolante do estabelecimento há um ano. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, a vítima diz ter sido derrubada e prensada por um carrinho de compras que estava preso na esteira.

Segundo informações prestadas à Justiça, a idosa estava acompanhada pela filha, que conseguiu retirar o objeto de cima dela com muito custo e desespero. As duas gritaram por um socorro e um funcionário da empresa apareceu um bom tempo após o ocorrido, dizendo que nada poderia fazer.

Os advogados do Wall Mart sustentaram que não foram apresentadas provas de que a vítima realmente estava no estabelecimento, tampouco que a queda realmente ocorreu e, mesmo que tenha ocorrido, não há como provar que ocorreu em função da escada rolante.

Porém, a juíza que analisou o caso, Vânia de Paula Arantes, contestou a defesa tendo em vista apresentação do prontuário de atendimento da vítima, onde consta perda de consciência por queda da própria altura, além de dor no flanco direito e nas nádegas.

Diante disso, a magistrada determinou que a companhia pague R$ 20 mil de danos morais mais R$ 30,77 de ressarcimento pelos medicamentos que a família da idosa precisou comprar. A decisão ainda cabe recurso.

Fonte: Campo Grande News

LEIA TAMBÉM

Vacinação reduz número de mortes de profissionais de saúde por covid-19 no país

CFM apontou queda de 83% nas mortes de profissionais de saúde por covid-19 [...]
LEIA MAIS